• PastoralCarcerariaCE

Diário do Nordeste: Senado aprova endurecimento de penas para traficantes de drogas


Mudanças na política sobre drogas visa endurecer pena para traficantes ligados a grupos organizados, mas pode reduzir para pequenos. Internação involuntária de dependentes também foi aprovada. (Foto: ceert.org.br)

Projeto aprovado nesta quarta (15/maio) aumenta a pena mínima para o traficante que comandar organização criminosa, de 5 para 8 anos de reclusão, com máximo de 15 anos. O projeto permite a alienação de objetos de qualquer natureza usados no tráfico.


Para tentar evitar a aplicação de grandes penas a pequenos traficantes, a proposta cria um atenuante na lei. O projeto prevê a redução da pena quando o acusado não for reincidente e não integrar organização criminosa, ou se as circunstâncias do fato e a quantidade apreendida demonstrarem o menor potencial lesivo da conduta. Nesse caso, a pena deverá ser reduzida de um sexto a dois terços.


O senador Humberto Costa (PT-PE) defendeu a definição de parâmetro mínimo de porte de droga para diferenciar usuário de traficante e a facilitação do processo de importação e comercialização de derivados e produtos à base do princípio ativo da maconha, para uso terapêutico. A sugestão não foi aceita.


PARA LER A MATÉRIA COMPLETA, CLIQUE AQUI.

50 visualizações

Pastoral Carcerária do Ceará

Avenida Dom Manuel, 339, centro.

CEP 60.060-090. Fortaleza - Ceará

Fone: (85) 3388 8718 | pastoralcarcerariaceara@gmail.com

  • Black Facebook Icon
  • Twitter