• PastoralCarcerariaCE

Pe. Xavier Paolillo: Caro João, onde estava com a cabeça quando decidiu encarar o tirano Herodes?


No dia 12 de fevereiro, padre Julio Lancellotti quebrou a marretadas pedras que o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), mandou colocar sob um viaduto da capital paulista, colocando na rua quem já não tinha teto para morar. (Fotos: divulgação. Montagem: antropofagista).

Por pe. Xavier Paolillo, missionário comboniano.


"Caro João, onde estava com a cabeça quando decidiu encarar o tirano Herodes? Se você tivesse fechado a boca teria tido um assento de destaque em sua corte. Afinal o monarca gostava de você. Mesmo ficando embaraçado, ouvia com atenção seus sermões. Faltou-lhe prudência. Acabou mal por ter dado uma de profeta. Se tivesse se aliado com Herodes poderia ter contado com a poderosa máquina do reino para cumprir sua missão. Não teriam faltado recursos e facilitações. Até os pobres poderiam beneficiar-se da sua influência nas estruturas de governo.


Basta pouco para fazer feliz o pobre. Um favor aqui é um outro aí são suficientes para aquietar suas reivindicações alimentadas por essa turma de militantes. Era só você amordaçar a boca, vedar os olhos, fechar os ouvidos e tampar o nariz. Se tivesse mergulhado de cabeça no sistema e se aliado a ele não teria sido degolado.


Coloque uma vez por todas na cabeça que profecia já passou de moda. É coisa de gente indisciplinada que gosta de fazer política. É mania de subversivo que ama tumultuar o coreto. Chega de dar mau exemplo. Por culpa sua outros profetas têm surgido. A melhor opção é aliar-se com os poderosos para arrancar algum beneficio. Lembre-se que um dia a gente sempre vai precisar dessa amizade para pedir aquele favor.


É verdade que tem muita sujeira, mas aprende a fazer vista grossa para salvar sua pele e preservar a instituição. A vida é curta. Para que arrumar dor de cabeça?


Curta as festas do Palácio, tire proveito de suas mesas fartas e das suas sensuais danças, jogue-se nos braços das multidões e faça bom proveito da fama. Caso contrário, será condenado a ser marginalizado e a viver isolado nos porões dos nossos esquemas.


Sossegue, irmão. Conforme-se. Por quanto você esperneie, você não vai dar conta de acabar com o poder. Aproxime-se dele. Vai acabar gostando.


Se não parar, vou dar uma de filha de Herodiades. Vou continuar dançando ao som da música de Herodes. E, se for necessário para agradar o tirano, eu mesmo vou oferecer sua cabeça de bandeja. Cale-se uma vez por todas e obedeça."


Assinado: a tão saudosa Cristandade


PS: Caro João Batista, quero deixar bem claro que fui obrigado a escrever esse texto irônico pela dramática situação que estamos vivendo, mas eu concordo contigo e peço a Deus todo dia que minha vida se inspire cada vez mais na tua, mesmo se uma hora minha cabeça for colocada a prêmio. Detesto alianças com os poderes. Temos o dever de contribuir com o bem comum, mas sempre mantendo a nossa independência. Nestes tempos sombrios tua profecia torna-se indispensável.


Quem usa o púlpito para defender governos a qualquer custo, fechando os olhos com tudo aquilo que está acontecendo e contribuindo a difundir informações falsas que constituem uma ameaça à vida das pessoas, está cometendo uma heresia, pois a vida é um dogma sagrado e inegociável tanto quanto aqueles que tratam de matéria de fé.


Estes falsos profetas deveriam ser imediatamente obrigados ao silêncio. No lugar deles é melhor que profetizem as pedras, como aquelas que foram colocadas nos vãos dos viadutos de São Paulo para impedir o abrigo das pessoas obrigadas a viver na rua. Elas denunciaram em alto e bom som o dramático nível de desumanização que aflige a humanidade e, graças às marretadas do irmão e amigo Pe. Júlio Lancellotti, anunciaram que o Reino de Deus, mesmo com inúmeras dificuldades, continua acontecendo graças a homens e mulheres que segundo teu exemplo continuam profetizando.

249 visualizações0 comentário

Pastoral Carcerária do Ceará

Avenida Dom Manuel, 339, centro.

CEP 60.060-090. Fortaleza - Ceará

Fone: (85) 3388 8718 | pastoralcarcerariaceara@gmail.com

  • Black Facebook Icon
  • Twitter