• PastoralCarcerariaCE

O POVO: Centro Cultural terá mesmo o nome de Dom Aloísio Lorscheider


Em 1994 dom Aloísio Lorscheider foi vítima de sequestro em Fortaleza, durante visita ao sistema penitenciário. Após o incidente perdoou os envolvidos, servindo como grande exemplo de misericórdia. (Foto: reprodução)


Da coluna do jornalista Eliomar de Lima, no O POVO (24 out. 2020):


O governador Camilo Santana (PT) enviou um projeto de lei para a Assembleia Legislativa dando o nome de Dom Aloísio Lorscheider ao futuro Centro de Desporto e Cultura a ser construído em sua gestão no terreno que abrigou o antigo Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPOO I), no bairro Itaperi. Ele atende assim a um pleito divulgado nesta coluna e que veio da Pastoral Carcerária, da Arquidiocese de Fortaleza, com o endosso do Conselho Estadual Penitenciário.


Leia também: O POVO: Dom Aloísio Lorscheider pode ser nome de Centro Cultural


Dom Aloísio foi presidente da CNBB (1971-1979) e arcebispo da Capital cearense que, em março de 1994, acabou vítima de sequestro, com mais 12 membros da Pastoral Carcerária, quando de rebelião no Instituto Penal Paulo Sarasate. Morreu como cardeal em 2007 e deixou exemplo de ações sempre em defesa dos direitos humanos.


Agora em novembro, sai a licitação para construção do Centro de Desporto e Cultura, estimado em R$ 10 milhões. Sem dúvida, uma homenagem mais do que justa.

33 visualizações

Pastoral Carcerária do Ceará

Avenida Dom Manuel, 339, centro.

CEP 60.060-090. Fortaleza - Ceará

Fone: (85) 3388 8718 | pastoralcarcerariaceara@gmail.com

  • Black Facebook Icon
  • Twitter